Socorro! Tem milhares de inscritos no meu concurso! E agora?

Picture of Laura Amorim

Laura Amorim

Imagine a seguinte situação: você se inscreve para um concurso e, conversando com um colega ou outro, descobre que eles também se inscreveram para a mesma prova. Então, você decide olhar o número de inscritos para aquele concurso e – meu Deus – são milhares de pessoas!

Quando nos deparamos com aquele número assustador de inscritos no nosso concurso, é normal que fiquemos hesitantes e até com vontade de desistir.

Sempre pensamos que há muitos candidatos bem mais preparados e aptos que nós e que talvez não valesse a pena tentarmos aquela prova.

Lembro-me do concurso que fiz para a Câmara Municipal de de Belo Horizonte em 2018: eram uns 4.000 inscritos para 4 vagas. No concurso para a SEFAZ-GO foram 16.000 inscritos para pouco mais de 20 vagas, e por aí vai. 

Quando olhamos essa relação em concursos como TRFs e TRTs, que abrangem mais territórios, então, nos assustamos ainda mais! Socorro! 

Uma outra perspectiva:

Mas calma, gente. 

A verdade é: esse número não reflete, nem de longe, a real concorrência que você irá enfrentar. 

Primeiramente: é normal termos um alto índice de abstenção em provas de concurso. Isso significa que muita gente se inscreve mas sequer vai lá fazer a prova! Já vi provas cujo índice de abstenção chegou a 40%. Isso é muito e já ajuda a reduzir bastante a concorrência real, né?

Um segundo ponto que devemos considerar: em toda prova há vários inscritos que se inscreveram apenas para ter a experiência de realizar um exame de concurso estão indo lá apenas para “ver como é”. 

É normal (e, inclusive, recomendado) que o concurseiro, ainda no início de sua preparação, vá fazer uma prova para saber como é a experiência. Isso também é um fator que reduz o número de concorrentes reais.

Temos ainda os candidatos “sem noção”: são aqueles que acham que não é preciso estudar para passar em um concurso e, assim, se inscrevem e até mesmo comparecem à prova. Mas, ao chegarem lá sem terem estudado nada, não conseguem resolver muitas questões e logo vão embora.

Por fim, há os concurseiros que estão, sim, se preparando, mas ainda não estão em um nível competitivo. Esses mantém uma média de acertos de 50-60%. Ainda que eles representem grande parte dos inscritos, esses candidatos ainda não estão competindo pela vaga, pois ou não alcançarão a pontuação mínima em alguma disciplina ou não alcançarão a nota de corte. 

Assim, estão em menor número os concorrente que estão realmente preparados e brigando pela vaga, que é onde você estará. Arrisco dizer que esse representa só uns 10% do número de inscritos!

Está vendo como a situação não é tão assustadora como você imaginava?

Considerações finais:

Além de todos esses fatores, há outro ponto que devemos explorar: se a nota de corte não é 90-100%, a “briga” pode ser vista simplesmente como sendo você contra você mesmo (eu preferia enxergar dessa forma). 

Como assim?

Pense só: se você estiver bem preparado e sabendo tão bem as disciplinas a ponto de acertar 90% da prova, sendo a nota de corte, vamos supor, 80%, não importará se você tiver 100 ou 1.000.000 concorrentes! Você será! 

Pensar por esse lado traz a responsabilidade e a possiblidade de aprovação para as suas mãos. Vamos focar no que podemos controlar, não é mesmo? 

Não podemos controlar o número de inscritos, mas podemos controlar o quão bem preparado iremos fazer a prova.

Foque nisso! É mais do que o suficiente. 

Compartilhe esse artigo

Picture of Sobre a autora

Sobre a autora

Aprovada nos concursos de Auditor Fiscal Estadual de Santa Catarina (7º Lugar), Auditor Fiscal Estadual de Goiás (23º lugar), Consultor Legislativo (4º lugar), Agente da Polícia Federal (em 2021).

Especialista em preparação para concursos públicos, técnicas de aprendizagem acelerada e estudos de alto rendimento.

Assine nossa Newsletter

Melhore seu desempenho em provas e concursos com dicas direto no seu email

Conheça nosso podcast

newsletter

Mantenha-se atualizado com
dicas direto no seu e-mail

Ao prosseguir, concordo com os Termos de Uso e reconheço que li as Políticas de Privacidade.

Contato por WhatsApp