Como ler mais rápido

Laura Amorim
por Laura Amorim04 de maio de 2022

Acredito que todo concurseiro já tenha se questionado como ler mais rápido e aumentar o número de páginas lidas por dia. Afinal, os conteúdos cobrados pelos editais dos concursos são muitos e, com frequência, temos a sensação de que, por mais que leiamos, avançamos muito lentamente na s matérias. 

De fato, há alguns erros pontuais que diminuem muito a velocidade de leitura e atrasam o avanço nos textos. A boa notícia é que esses erros podem ser corrigidos – de forma simples e eficaz, sem prejudicar a sua compreensão do conteúdo. Afinal, de nada adianta ler super rápido sem conseguir absorver nada daquelas páginas, não é?

Os erros que atrasam a sua leitura

O primeiro fator que pode causar o atraso na leitura é a vocalização. Os atos de vocalização (ler em voz alta) ou movimentação da boca, além de cansarem o leitor mais rápido, são bem mais lentos que o ritmo dos seus olhos. Por isso, eles diminuem a velocidade da leitura.

Além disso, lembre-se de que na hora da prova você não poderá fazer isso. Então simule desde agora a situação que irá encontrar no dia da prova!

O segundo fator que afeta a sua agilidade é o desconhecimento do assunto. A velocidade de leitura está bastante relacionada com o tipo de conteúdo que está sendo lido e com a sua familiaridade com aquele assunto. Se você já conhece o tema daquele texto, bem como as palavras e os termos usados, a sua velocidade de leitura será maior.

Assim, tenha em mente que, quanto mais você estudar determinado assunto, mais rápida será a sua leitura daquele conteúdo.

Por fim, precisamos considerar ainda o impacto que a falta de hábito tem quando o assunto é ler mais rapidamente. Ora, leitura é, principalmente, prática. Se você não é um leitor assíduo, é natural que a sua leitura seja mais lenta do que a de quem tem o hábito da leitura e o pratica com maior frequência.

Além disso, a maior frequência de leitura permite que você aumente o seu vocabulário e passe a adotar a leitura lexical, na qual você identifica as palavras já conhecidas como imagens, ao invés da fonológica, na qual você lê cada fonema da palavra por ainda não conhecer aquele termo (e que, por isso, é mais lenta).

Como ler mais rápido

Corrigidos estes pontos, passamos à segunda parte da questão: como aumentar ativamente a sua velocidade de leitura?

Em seus estudos, a educadora Evelyn Wood, criadora da técnica de leitura dinâmica (ou speed reading, no original) estabeleceu o aumento da visão periférica e a eliminação do retrocesso involuntário (aquele hábito de ficar retornando no texto para reler algo que não compreendeu) como pilares para aumentar a velocidade de leitura.

Para cumprir estes dois pontos, há algumas técnicas que podemos implementar na nossa leitura:

A primeira técnica é o uso de um regulador durante a leitura. Implementá-la é bastante simples: com um instrumento regulador (que pode ser uma caneta, a seta do mouse ou até a ponta dos dedos), vá acompanhando as palavras à medida que for lendo, passando o regulador abaixo de cada linha. Com isso, você irá guiar a sua visão, e terá uma leitura mais fluida e linear. Além disso, o regulador servirá como marcador da velocidade da leitura.

A segunda técnica de leitura é o skimming, uma leitura diagonal e superficial de cada página do texto, antes da leitura em si. Essa técnica prepara o cérebro para o conteúdo que está por vir e permite que sua compreensão do texto seja mais eficiente.

Método Tim Ferris para ler mais rápido

Na intenção de desenvolver técnicas para ler mais rápido, o escritor Tim Ferris elaborou os próprios métodos, que prometem aumentar de 2 a 3 vezes a velocidade de leitura de um texto. Estes métodos são baseados no maior uso da visão periférica e no movimento dos olhos.

No primeiro método, o leitor deve fazer 2 linhas verticais sobre o texto: a primeira deve ficar aproximadamente entre as primeiras e segundas palavras de cada linha, e a segunda deve ficar entre as penúltimas e a últimas palavra das linhas – de modo que o texto terá novas margens de início e final. 

A idéia é que, ao olharmos para um determinada palavra, conseguimos visualizar também as palavras que estão imediatamente antes e depois dela. Por isso, podemos saltar as primeiras e últimas palavras de cada linha (lendo apenas o que está entre as novas margens que foram traçadas no texto) e, com isso, economizamos tempo de leitura.

Ferris ainda sugere uma segunda técnica para aumentar a velocidade: antes de ler o seu texto principal, escolha um texto com o conteúdo mais simplificado e leia-o rapidamente, com a maior velocidade que considerar possível. Em seguida, passe para o texto que você pretendia ler inicialmente, e leia-o mais rapidamente que o normal, mas mais lentamente do que você leu o texto simplificado. Esse “aquecimento” te permitirá ler o segundo texto mais rápido sem sentir tanto o impacto na sua leitura.

Por fim, uma orientação simples: tente ativamente ler mais rápido. Geralmente, lemos um texto de forma passiva e confortável, sem impormos um ritmo de leitura. Porém, ler dessa forma solta e pouco consciente diminui drasticamente sua velocidade – sem que você nem perceba.

É como caminhar: quando você está distraído, passeando por algum lugar, anda bem devagar, não é mesmo? Mas se você programa uma velocidade mais acelerada em uma esteira, por exemplo, e caminha se concentrando naquela atividade, você consegue andar, sem problemas, nesse ritmo que colocou. Ou seja: você poderia facilmente ler mais rápido se simplesmente tentasse! 

Então, na próxima vez que for ler um texto, lembre-se de tentar ler mais rápido e concentre-se o máximo possível para conseguir absorver todas as informações do texto.

Inicialmente pode ser um pouco desconfortável, é normal. Com o tempo, isso se tornará um hábito. Assim, vá testando até descobrir o seu ritmo ideal: aquele em que você avança bem e de forma consistente ao mesmo tempo em que entende bem o conteúdo. Nada de querer ler depressa a todo custo! 

E, se quiser saber mais sobre o assunto, confira aqui o meu vídeo “Como ler mais rápido e melhor”: 

Até a próxima!

Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer melhorar seu desempenho em provas e concursos?

Assine nossa newsletter e receba minhas dicas!